Amigos do Blog

Siga-me por e-mail

Ocorreu um erro neste gadget

Total de visualizações de página

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Vem aí o evento mais épico da América Latina...


A terceira edição da CCXP - Comic Con Exeperience 2016, acontecerá entre o dia 1 ao dia 4 de dezembro no São Paulo Expo...

Estes são apenas alguns dos convidados já confirmados...
Arthur Adams - O lendário artista de X-Men.

Arthur Adams é conhecido por artes assim.

Eduardo Risso - Vencedor de 4 Eisner Awards.
Seu traço ficou muito conhecido por desenhar Hellboy, da Dark House Comics.
Frank Quitely - Premiado desenhista de X-Men, All-Star Superman e Batman & Robin
All-Star Superman.
Marcello Quintanilha - Artista brasileiro premiado no Festival de Angoulême
Tungsténio - Traços perfeitos.
É claro que outros também marcarão presença:


Milla Jovovich, atriz de muitos filmes, a maioria do gênero de ação, terror e ficção científica, vai estar presente também. Milla ficou conhecida ao estrear o filme de Luc BenssonO 5º Elemento ao lado de Bruce Willis, Chris Tucker, Ian Holm e Gary Oldman, entre outros.













Estar frente a frente com esse ícone do cinema já vale a pena o evento. 




O 5º Elemento

Resident Evil 6


Frank Miller , é um dos grandes nomes do mundo do quadrinhos. Roteirizou e desenhou muitas sagas que ganharam grande destaque: 

Para a Marvel criou a fabulosa: A Queda de Murdock, que deixou o Demolidor, o homem sem medo, em maus lençóis. 

Para a DC Comics criou a inimaginável: O Cavalheiro das Trevas... onde fez com que Batman, um personagem sagaz, mas sem poderes, dar uma bela surra no Superman, o mais poderoso de todos.    




Cris Peter é uma artista que já coloriu vários trabalhos de diversas editoras, a primeira brasileira a ser indicada ao Eisner Award, que é o Oscar dos Quadrinhos, com a publicação “Casanova”, escrita por Matt Fraction e desenhada pelo brasileiro Fábio Moon.


Entre as editoras que Cris, já trabalhou estão as maiores: 

DC Comics, Marvel e Image. 

Trabalhou com títulos de grandes destaques, como “Superman/Batman”, “Astonishing X-Men”, “Quarteto Fantástico”, “Capitão América & Namor” e “Gavião Arqueiro vs Deadpool”.

Em 2012, tornou-se a primeira brasileira indicada ao Prêmio Eisner. Seu trabalho também pode ser visto nas Graphic MSP: Astronauta – Magnetar” e “Astronauta – Singularidade”, com arte e roteiro de Danilo Beyruth.


Casanova - Quadrinhos de espionagem, universos paralelos e até crise familiar.
Astonishing X-Men
Gavião Arqueiro vs Deadpool
O personagem Astronauta (da Mauricio de Sousa Produções)
Colorido espetacular dessa artista.
Confira alguns dos Colecionáveis exclusivos deste ano:

O Gavião Negro (Hawkman), primeiro colecionável com venda EXCLUSIVA na CCXP 2016, contará com design de Ivan Reis e fará parte da série 2 da linha DC Comics da Iron Studios em parceria com a Chiaroscuro Studios.
 
O anúncio foi feito durante o painel “Colecionáveis DC Comics da Iron Studios – Da Ideia à prateleira” na CCXP 2015.

O Doutor Octopus será o segundo colecionável com venda exclusiva confirmada. O anúncio foi feito na CCXP 2015 pelo Toy Quest durante o painel Marvel/Iron Studios, realizado no estande da Piziitoys. A peça terá escala de 1/10 e fará parte da série 3 da Art Scale Marvel Comics.



Personagem de Rick Moranis na série Caça-Fantasmas. A peça será a última parte dos itens que compõe um incrível diorama oficial da linha Caça-Fantasmas (Ghostbusters) e terceira com venda exclusiva confirmada no evento..

Chewbacca e C-3PO - Parte da série 2 da linha Star Wars 1/10 Art Scale, a estátua reproduzirá a cena clássica de O Império Contra-Ataca, onde o melhor amigo de Han Solo carrega o droide desmontado durante sua fuga da Cidade das Nuvens. O produto estará à venda no estande da Piziitoys.

Para maiores esclarecimentos acesse...

Site Oficial:

http://www.ccxp.com.br/

Página Oficial no Facebook:

https://www.facebook.com/CCXPoficial/


Abraços, sempre!!!...

Mu®illo diM@tto

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Doutor Estranho, estreou... e talvez ganhe um Oscar.



A Marvel Comics está sempre surpreendendo... com uma sequência de 13 filmes para o cinema, com as adaptações que se tornaram a franquia mais lucrativa (mesmo com todas as criticas contra), arrecadando um montante de aproximadamente 12 bilhões de dólares, entre outros quesitos mais como games e os já conhecidos gibis, nos surpreende agora com os efeitos visuais da sua mais nova produção, o filme do personagem, Doutor Estranho... e essa produção não deixou por menos, pois ela pode ser a primeira a ganhar um Oscar. A Academia de Artes e Ciências Cinematograficas Americana já aponta isso para 2017.

O grande lance da Marvel Entretenimento é mesmo arriscar, nesse ponto o seu mais alto executivo de produção, Stan Lee, sempre soube, junto com outros bambas, é claro, se dar bem... a Marvel foi a pioneira em muitas coisas:
Criação de Stan Lee e Jack Kirby (1961)
Primeiro grupo de heróis que não fizeram a questão de esconder as suas identidades – Quarteto Fantástico.
Criação de Stan Lee, Jack Kirby e Steve Ditko (1962)
Primeiro super-herói nerd adolescente, com todos os seus problemas característicos, por assim o ser – Homem-Aranha.
Entre tantas coisas que arriscou, a Marvel, não poderia deixar de também fazer isso no cinema. 

É preciso que se saiba, no entanto, como essa história de fato começou:


Em um momento de puro desespero, por sua queda financeira nos anos de 1990, e vendo a sua sempre “rival” DC Comics alavancado em vendas (as sagas de Batman - O cavaleiro das Trevas e A Morte do Superman bateram recordes de venda), e por ainda não possuir o seu estúdio cinematográfico, a Marvel fez a única coisa que não poderia fazer, mas que de uma certa maneira muito da doida, deu certo... vendeu os direitos autorais de alguns personagens para a New Line Cinema (Time Warner), 20th Century Fox (Fox Entertainment Group), Columbia Pictures (Sony).
Blade, o caçador de vampíros, por se tratar de um personagem secundário (nem por isso ótimo), foi o primeiro a entrar no pacote, e a New Line se deu bem com isso, pois logo de cara faturou nada mais do que 131 milhões em todo o mundo, utilizando apenas 45 milhões como orçamento. Com isso outros grandes estúdios cresceram os olhos... para a Marvel esse foi a porta de entrada para a 7ª arte, isso tirou a Marvel do buraco, mas mesmo assim, ela fez o quê nunca deveria ter feito, vendeu os direitos do Homem-Aranha para a Sony, e logo em seguida os X-Men para a Century Fox, na qual faturou 296 milhões de dólares com o primeiro filme da franquia mutante. O filme do Homem-Aranha produzido pela Columbia Pictures e dirigido por Sam Raimi, estrelado pelo até então inexpressivo, Tobey Maguire, arrecadou 403 milhões nos EUA e 821 milhões em todo o mundo. Em 03 de maio de 2002, lançamento do filme de Charles Xavier e Cia. a Marvel começou a recontar a sua própria historia, pois vendo o quanto isso era uma mina de ouro, seus dirigentes começaram a pensar em produções próprias... e foi assim, em parceria com a Paramout Pictures, ganhando de volta os direitos de personagens clássicos como, Homem de Ferro, o Incrivel Hulk, o Poderoso Thor e a Viúva Negra. Com isso já se começou a desenvolver a ideia da franquia dos Vingadores.
Em 2009, a Marvel Entretenimento é vendida por 4 bilhões de dólares para a Walt Disney Productions... uma compra que até hoje é vista como uma bagatela. 


Em 2013, a Disney, por interesses óbvios, compra os direitos de distribuição de filmes já lançados. Homem de Ferro (2008), Homem de Ferro 2 (2010), Thor (2011), Capitão América – O Primeiro Vingador (2011), Os Vingadores (2012) e Homem de Ferro 3 (2013) da Paramount Pictures e também o filme O Incrível Hulk (2008) da Universal Pictures, por terem seus logotipos na abertura de cada trabalho... após isso, todos os filmes do selo Marvel passaram a ser produzidos em seu próprio estúdio, e não nos estúdios da Disney, como muitos dizem. O projeto cinematográfico da Marvel se chama Terra-199999, ou da abreviação e inglês, UCM (Universo Cinematográfico Marvel). 


Então é isso, a produção desse personagem, Doutor Estranho, que estreou agora, em 03 de novembro, não deixou por menos, arriscou e investiu muito, nas mais recentes técnicas visuais, e por isso já está sendo vista como uma das mais bem elaboradas nesse quesito, graças ao seu supervisor/diretor de efeitos visuais, o francês Stephane Ceretti, que já havia trabalhado para a Marvel no bom filme Guardiões da Galáxia, sinal que esse cara realmente arrebenta, e a Marvel parece não ter medo de nada... somente o de falir. 


Sob a batuta de Scott Dericksson, e do elenco: 

Benedict Cumberbatch, Chiwetel Ejiofor, Tilda Switon, Rachel McAdams, Mads Mikkelsen, Scot Adkins, Amy Landecker e Benedict Wong... o filme parece ser bom... mas confesso que já discordo com o que fizeram com o Ancião...      

Que o Olho de Agamoto, realmente esteja sobre essa possível produção.... e quem sabe da premiação também...

Abraços, sempre!!!...

Mu®illo diM@tto

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Game com personagens da Amazônia quer popularizar folclore brasileiro

Isaac Guerreiro

Com enredo sombrio, personagens de lendas famosas de várias regiões do Brasil se enfrentam pelas terras de um Eldorado.

Para o ilustrador brasileiro, Joe Santos, o folclore brasileiro deveria ter a mesma popularidade que as mitologias dos povos nórdicos e gregos, no entanto, com uma roupagem mais adulta e sombria. Para concretizar este desejo, ele criou o game "Guerreiros Folclóricos - O Reino de Tupã", inspirado em lendas da cultura do Brasil. Agora, o ilustrador e seus sócios, buscam financiar coletivamente a ideia.
Foto: Divulgação/Unique Entrenimento
O game conta a história do Kambaí, um índio guerreiro que deve impedir o Saci de invadir as Terras de Akakor, um Eldorado ficcional. Além deles, o jogo também tem outros personagens muito populares na Amazônia como o MapinguariIara, Matinta Perera e Curupira. Até o Lobisomem e a Alamoa se fazem presentes.
"Eu acho o nosso folclore tão interessante quanto as histórias de gregos e nórdicos. Por isso resolvi criar um jogo que pudesse mostrar o outro lado, longe dos contos infantis"...
Explica o ilustrador apaixonado por desenho e pelas histórias contadas por seus avós sobre as criaturas mágicas do País.
Quando criança, Joe teve contato com as histórias de seres como o Saci e a Caipora nos livros de Monteiro Lobato. Entretanto, foi na boca dos avós que esses seres ganharam vida, personalidade e forma, às vezes muito mais obscuras e misteriosas do que nas páginas dos livros.
Joe aprendeu a desenhar aos oito anos, escolheu o hobby como profissão e chegou à vida adulta fazendo ilustrações e peças de computação gráfica. Aos 23 anos, migrou para a área de produção de jogos. Durante o processo de criação de um game, surgiu a inspiração com as histórias que ouvia na infância.
Financiamento coletivo
O projeto está no Site Catarse onde os usuários que realizarem doações poderão adquirir o jogo e outras recompensas. A campanha pretende arrecadar R$150 mil até o próximo dia 2 de outubro. Atualmente, o projeto alcançou 4% deste total. Para eles, não apenas o entretenimento, mas a cultura brasileira também vai ganhar com financiamento.
"Queremos muito concretizar a ideia, porque isso vai ajudar as pessoas do Brasil e do mundo a enxergarem nossa cultura"...
Diz Joe.
Links de sustentação:

quinta-feira, 21 de julho de 2016

Afinal.... quem é esse tal de Deadpool mesmo?

Papel de Parede para o  Desktop 
Com o surgimento de Deadpool no cinema, esse anti-herói (quase que vilão, para falar a verdade), passei a ouvir alguns comentários sobre quem seria esse que de repente, meio que do "nada" surgiu nas telonas... uma coisa já digo, e muita gente até sabe... aquele lá que deu as caras em X-Men Origens: Wolverine (de 2013), nada tem com o "real" Deadpool dos quadrinhospois esse é muito mais interessante, já que nada tem de mudo, pelo contrário, já que esse também é chamado de "mercenário tagarela". Por isso, esse Deadpool do filme solo (agora de 2016) é que mais se assemelha ao personagem... a ponto que eu diga, que de todos os personagens da Marvel, que ganharam movimentos através da 7ª arte, esse até pode ser o quê mais se aproximou (um pouco) das reais origens lá estampada nos gibis, e que os roteiristas do cinema gostam tanto de esculhambarem... o quê não dá para entender mesmo.  


E por falar em origens, Deadpool,  cujos os direitos são da editora Marvel Comicssurgiu pela primeira vez em 1991, na revista dos Novos Mutantes (veja New Mutants nº 98), aqui no Brasil essa história foi publicada em Os Fabulosos X-Men nº 584 em 1994)., pela Editora Panini.



Novos Mutantes Nº 98


Esse doido foi criado pelo agora "desconsagrado" Rob Liefeld e auxiliado por Fabian Nicieza. Rob é um artista autodidata, que começou a carreira em 1990, e que devido a erros grotescos de anatomia, "deslanchou" na carreira... tanto, que na opinião de muitos ele é considerado o pior artista dos quadrinhos. Certezas ou exageros a parte, Rob também é o criador de outro importantíssimo personagem da Marvel, o mutante Cable. Rob também criou o grupo Youngblood para a editora Image Comics, que ele junto com outros 6 artistas (Erik LarsenJim LeeWhilce PortacioMarc SilvestriTodd McFarlane e Jim Valentino), inaugurou, o quê por um bom tempo foi (ou será que ainda é?) a terceira maior editora de quadrinhos dos EUA. É claro que até hoje fica difícil em dizer qual é a primeira e qual é qual é a segunda maior editora estadunidense, se é a Marvel Comics ou a DC Comics... em minha parca opinião as duas empatam, sempre. Então, por criar uma editora desse naipe, que encosta nessas duas gigantes ai, Liefeld poderia muito bem ser perdoado por alguns erros... talvez, devido a isso, e até mesmo por sua criatividade, tenha alguns admiradores pelo mundo, eu sou um. 

E como o foco dessa postagem é o "mercenário tagarela', vamos lá ao que interessa: 

De início Deadpool, cuja identidade é Wade Wilson, surgiu mais como uma sátira ao personagem da DC Comics, o chamado Slade Wilson, o Exterminador, que foi criado por Marv Wolfman George Pérez, que teve a sua estréia em Novos Titãs (New Teen Titans vol. 1) em dezembro de 1980... até o nome da identidade é meio que parecido... mas por ser uma sátiraDeadpool surgiu com uma personalidade totalmente contrária ao do Exterminador, que é sombrio até por demais, e Deadpool como já citado acima é um "mercenário tagarela" que sorri até das suas derrapadas, mas nem por isso é menos mortal que o Exterminador
Deadpool                                                    Exterminador


Novos Titãs Nº 01
Então, esse doido dos quadrinhos surgiu assim, como um inimigo dos Novos Mutantes... e até nisso há uma semelhança com o Exterminador, pois esse também combatia um grupo de jovens super-heróis, já citado acima, Os Novos Titãs


Wade Wilston Wilson (se for esse mesmo o seu nome), era um menino problemático, e devido a isso, quando muito jovem, resolveu sair pelos EUA aprontando das suas, até que um dia resolveu ser um mercenário, e aprendendo todo tipo de luta e o manuseio de diversas armas, passa a levar a vida desse jeito... e como ser atrapalhado lhe era (é ainda) algo muito do natural, nem sempre correspondia aos objetivos de seus contratantes, por isso sempre trocava de nome, assim como, sempre que possível, trocava cirurgicamente de rosto... tentando escapar de quem lhe contratava, caso alguma coisa desse errado. Quando Wade descobre ter um câncer já em fase terminal e já com falsa cidadania canadense, se submete a uma experiência no "Projeto Arma-X", o mesmo que revestiu os ossos de Wolverine com Adamantium. Esse processo que visava despertar genes mutantes latentes, por um lado não foi muito bom para Wade, não... pois que ao mesmo tempo que o curou, também o desfigurou por completo... e se Wade já era meio que pancada da ideia antes, isso agravou muito mais a sua psiquê, pois o levou a um estado agravante de instabilidade emocional.
Deadpool e Death
Doutor killebrew
Então, após varias situações Wade é confinado em um hospício, que entre muitas coisas é submetido a torturas pelo Doutor Emrys killebrew, responsável pelo instituto. Essas torturas quase que deixavam Wade a beira da morte, mas sempre que isso acontecia ele recebia a visita de um ser mistico feminino, chamada de Death, na qual ele vem a se apaixonar. Em algum lugar do Hospício, havia uma "câmara de tortura" chamada de "Dead Pool"... algo pode ser traduzido como: "piscina morta". E é o nome desse lugar que Wade pega para si, após ter seu coração arrancado por Ajax, o assistente do Doutor Killebrew... o quê não deu em nada, pois seu coração é reconstituído por seu fator de cura, com isso Wade, assassina Ajax... 




Deadpool e Cable
É claro, que aqui está escrito o resumo dos resumos, pois esse enredo contém muitos mais detalhes, que enriquecem, e muito, a origem desse personagem, que pode ser o diferencial entre todos os demais da Marvel, tanto que ele quando "participa" de algum grupo de super-heróisé sempre solicitado para serviços que nenhum outro herói, ou até mesmo um anti-herói do nível de Wolverine, faria. Esse é o Deadpool dos quadrinhos... o do filme não é tão insano, mas chega próximo.  E por falar em próximo, na sequência está prometido a introdução do personagem Cable, um mutante do futuro que vem a ser o filho de Scott Summers / Ciclope com Madelyne Pryor (clone de Jean Gray)... história essa contada em parte na Saga Inferno. Quem sabe esse segundo filme não dê uma pincelada sobre isso...  


Cartaz promocional do filme.






O oitavo filme da franquia do X-Men, estreou no Brasil em 11 de fevereiro de 2016.  

Deadpool (2016) tem como diretor: Tim Miller... que já está contratado para fazer a sequência do filme, assim como os roteiristas: Rhett Reese e Paul Wernick

O filme foi e ainda será distribuído pela 20th Century Fox. 

Gênero: Ficção Cientifica, Ação e Adaptação do Quadrinhos.

Duração: 1h48min.












Seu elenco é: 

Ryan Reynolds, no papel (de novo) do doido tagarela.
Morena Bacarin (a nossa linda atriz brasileira que atuou em seriados como Stargate - SG1, O Mentalista, V, Nunb3rs e Gotham) é Vanessa Carlysle... que deverá se tornar a vilã transmorfa, Copycat.







Gina Carano (ex-lutadora de MMA) é a fortíssima Pó de Anjo.













Ed Skrein (ator inglês que já atuou em Game of Thrones) é Francis Ajax.










T. J. Miller (comediante dos bons) é Fuinha.









Brianna Hildebrand é Míssil Adolescente Megassônico (Negasonic Teenage Warhead).








Stefan Kapicic é o fortíssimo X-Man, Colossus.









Leslie Uggams é Al Cega.












Então, vamos esperar para ver se vem algo de bom por ai, pois nos gibis é certo de vir... 


Abraços, sempre!!!...

Mu®illo diM@tto